COMO SE SAIR BEM NAS DINÂMICAS DE GRUPO

Um procedimento que pode assustar durante todo o processo de seleção é a famosa dinâmica de grupo. E não é para menos, afinal estar com outros candidatos igualmente qualificados tentando se destacar ante o recrutador é realmente uma tarefa assustadora. Mas o ideal é manter a tranquilidade, entender que se o candidato está nesta etapa do processo muitas coisas já aconteceram e a tão sonhada vaga vai depender apenas das suas atitudes.

A dinâmica de grupo é uma ferramenta muito utilizada nos processos seletivos justamente por trabalhar pessoas em situações que mesclam diversas situações envolvendo trabalhos coletivos e acontecimentos que exijam ações rápidas.

A coordenadora de seleção da Nossa Gestão de Pessoas, Eliane Catalano, conta que são transmitidas nesta dinâmica situações do dia a dia que correspondem ao que acontece na vida real:

”Na dinâmica de grupo é possível analisar como o candidato se comporta. É o reflexo dele no cotidiano do trabalho. Essas atividades servem para entender como ele funciona em situações de estresse ou em momento que pedem decisões rápidas. Existem algumas atividades controladas, onde o candidato vai se apresentar e é aí que se consegue analisar se a pessoa fala demais, se é mais introspectiva, se é prolixa, se ela se perde facilmente nas decisões ou se possui objetividade.”

Nas atividades que começam a trabalhar em equipes são analisadas questões como:

– Qual é o estilo de relacionamento que o candidato tem;
– Se há sinais de liderança;
– De que maneira se posiciona em uma atividade de consenso;
– O quanto é flexível;
– O quanto faz valer a sua opinião.

Para a especialista, não adianta tentar adivinhar qual é o perfil que a empresa está buscando, pois desta forma o candidato acaba perdendo a personalidade dele ao tentar inventar um perfil que não é o dele, situação facilmente detectada pelos coordenadores da dinâmica.

Então, o que fazer em uma dinâmica de grupo?

A dica chave de Eliane é ser sempre natural. O candidato precisa ser ele mesmo, entrar e participar realmente destas atividades e tomar todos os cuidados necessários em qualquer processo de seleção como as entrevistas ou quando se prepara o currículo:

”É preciso ter zelo pela apresentação pessoal e manter a calma respirando fundo, afinal várias outras pessoas também estão sendo analisadas ao mesmo tempo. O perfil que as empresas buscam é muito peculiar e particular.

Muitas vezes uma pessoa resolve usar a tática de querer falar bastante e a empresa está buscando um profissional pouco mais retraído e tranquilo ou o caminho inverso, quando a empresa quer um perfil extremamente agressivo com um profissional mais dinâmico e a tática adotada é ficar mais calado”.

Empresas gostam muito desta ferramenta pela agilidade ao reunir um grande número de pessoas ao mesmo tempo em um espaço curto de tempo: “Com uma atividade lúdica bem conduzida simulando uma situação do cotidiano é possível analisar o profissional em uma atividade parecida com o que ele vai se deparar na empresa.” conclui Eliane.

Cinco dicas para participar de uma dinâmica de grupo:

1 – Pesquise sobre a empresa e tenha o maior número de informações possíveis sobre ela;

2 – Analise como você interage com outras pessoas;

3 – Mantenha sempre atenção com a sua postura e sua apresentação;

4 – Respire, mantenha a calma e aplique os seus conhecimentos pessoais;

5 – Não seja “outra pessoa”, seja você mesmo.

Fonte: Administradores.com

Deixe um comentário